Arquivo do autor:jmperisse

Alice – Recomeço – CAP 1

Capítulo  1 – O Retorno ao País das Maravilhas

Era um dia calmo,até que Alice teria sido traga por um policial até o orfanato onde vivia,Alice teria sido levada porque ela tinha roubado algumas frutas na feira…quando ela chegou la,deparou-se com Robert o dono do orfanato que estaria bem irritado com ela…

– Senhor Robert? Essa menina pertence ao senhor? Disse o policial…

Logo o policial entregaria a menina toda suja,e com as roupas rasgadas ao tal..

–  Sim senhor,Oque ela fez agora? Disse Robert nada surpreso com aquela situação

– Ela foi pega roubando,em uma barraca na feira…

– Mas… Tentou argumentar alice…

– Sem mas alice! Senhor policial pode deixar que irei dar um belo de um castigo para ela…rigorosamente disse Robert,com um ar de autoridade

– Ok,obrigado pela atenção e espero que isso não se repita…

– Não irá!

Então o Policial iria embora e começaria a discussão…

– Alice! Por que você só se mete em encrenca garota!

– Mas eu estava com muita fome…não tinha tomado café da manhã…argumentava a menina

– Não tomou café porque não quis! Agora esta de castigo! Uma semana sem ir ao bosque!

– Oque?! Mas o senhor…

– Alice,Sem mas! Já para o seu quarto e vá esperar o almoço!

Assim,Alice iria com uma cara de irritada…e la estariam todas as crianças observando a discussão…

– Todos para os quartos! esperar a refeição! Disse robert aborrecido

Se passariam 30 minutos e robert chamaria as crianças para o almoço….

– Crianças! Esta na Hora do almoço! Venham! Gritaria Robert..

Logo sairiam dos quarto todas as crianças que desceriam as escadas e caminhariam até a sala de jantar,onde le se sentariam,entre elas alice…

– E então oque estão achando da comida?

Assim alice diria rigorosamente….

– Esta podre! Diria alice…

Após ela dizer isso a mesma sairia correndo para os bosques….
Logo Robert rapidamente se levantaria e diria….

– Alice! Se você for nunca mais voltará!

Então,ela simplesmente daria as costas e continuaria seu caminho até o bosque…
Assim,começaria a chover,logo alice estaria toda molhada e logo a mesma continuaria a correr e então tropeçaria numa pedra e cairia em um buraco,que estaria de baixo de uma arvore…

a mesma estaria caindo,caindo e caindo em um buraco que parecia não ter fim….

– AAAAHH! AAAAAHHHH! Gritaria alice com um ar de desespero..l

Então a tal cairia em cima de uma cama gigante que a jogaria dentro de uma sala onde teriam varias portas….

– Meu deus,que lugar estranho,acho que alguma dessas portas ira me tirar daqui…

E então Alice tentou abrir todas,mas elas estariam trancadas…

– Droga! Todas estão trancadas!

Mas logo Alice avistaria uma pequenina porta,e longe viria uma mesa,caminhava até a mesma e avistaria: Uma chave,uma pequena garrafa com um liquido fluorescente dentro e um pedaço de bolo…
Rapidamente alice pegaria a chave e andejava até a porta onde abaixaria e abriria,mas alice era muito grande então ela fecharia a porta,colocaria a chave em seu bolso,e andejava novamente até a mesa onde pegaria a pequena garrafa,onde estaria escrito: ”beba-me”…
Logo alice não pensou duas vezes,bebeu o liquido…

– Bem,ja que esta escrito beba-me la vou eu…

Logo Alice começaria a diminuir,ficaria do tamanho de uma formiga,mas a mesma teria esquecido do bolo…

– Vish! o bolo! preciso pega-lo…

Alice então escalava a tal mesa,até chegar no bolo,e logo pegaria um pedaço e colocava em seu bolso e iria embora…
chegando na porta a mesma pegaria a chave e abriria a porta…assim ultrapassando-a…
Avistando uma luz forte…

– Nossa! Que luz forte!

Então a tal se deparia com um fantástico local,onde teria um chão ladrilhado em xadrez  preto e branco,belas arvores e um arco com vários tipos de flores…

– Uau que lugar Lindo! Essas Flores,Esses pássaros,esse cheiro! e tudo magnifico! Diria alice maravilhada….

Alice andejava pelo local,assim avistaria um movimento atrás de uma moita.logo ela ficaria assustada e diria…

– Quem esta ai?!

Logo de trás da moita surgiriam três criaturas negras com uma mascara branca,elas estariam carregando espadas,cheias de sangue…

– O’que são vocês?! Alice diria assustada…

– Somos menacings ruins,criaturas das trevas e viemos matar você! Dizia a critatura com um ar de maldade

– Adeus Alice! eu prometo que vou arrancar sua cabeça mas não irei acabar com esses seus lindos olhos! Dizia a outra maléfica criatura

– Muahahahahahaha! Peguem-na!

– O’que? Dizia alice com medo

Rapidamente,lilith com sua espada pularia para cima da menina,mas Alice rapidamente  se jogaria para o lado esquerdo,assim fazendo com que a criatura caísse no chão,deixando sua espada de lado..Alice como não e burra,pegaria a espada e apontaria ela para as criaturas dizendo…

– Se afastem de mim,criaturas horrendas! Alice avisaria-os

– Relaxa Alice,estamos apenas começando a festa! Diria mika com um sorriso sacana no rosto

Mika rigorosamente correria em direção a garota,alice gloriosamente correria em direção ao mesmo também,e quando eles chegariam bem perto um do outro,alice rapidamente elevaria sua espada,e fincaria no peito da criatura,atravessando-a…

– Não encoste em mim! Diria alice

– Nossa…como você ficou forte…! Argumentaria mik! Impressionado coma força da jovem…

Então apenas viria-se a criatura se despedaçando,e virando um liquido preto…

Espantosamente,as outras criaturas,ficariam literalmente assustadas com a força de Alice,então os monstros diriam…

– É Lincan,ela cresceu…! Diria lilith

– É…vamos embora daqui…

– Nós voltaremos…Alice! Diria lilith com certeza

Assim,apenas era visto as criaturas tomando a forma de uma nuvem negra e indo embora…

Alice então ficaria aliviada e se jogaria na grama,e começaria a pensar…em como ela iria sair de la!

– Droga! Olha onde fui me meter! Preciso sair daqui!

Alice,então pegaria sua espada suja de sangue,a limparia,prenderia em sua cinta,e caminhava pelo local,assim avistando um gato muito estranho,estranho mesmo….

– Hey! ,quem é você?!

– Finalmente alice,finalmente…por que não conversamos e você descobre? Diria chestter,com um sorriso no rosto,como espre

– Ok…diria alice um pouco assustada….

– então vamos la….

Continua….

Anúncios

Sucker Punch – Mundo Surreal

“Quem honra aqueles que amamos com a vida que levamos? Quem manda monstros para nos matar, e, ao mesmo tempo, diz que nunca vamos morrer? Quem nos ensina o que é autêntico e a rir das mentiras? Quem decide por que vivemos e o que morreremos defendendo? Quem nos acorrenta? E quem guarda a chave que pode nos libertar? É você. Tem todas as armas de que precisa. Agora lute.”

(Sweet Pea – Sucker Punch)

Manuscritos Coletivos

O fantástico mundo dos livros esta aqui

Autores e Livros

Entrevistas, resenhas e afins

blogdabn

Blog oficial da Fundação Biblioteca Nacional - entidade governamental

%d blogueiros gostam disto: