V curiosidades sobre V de Vingança

V de Vingança conta a história de V, um anti-herói que nunca tem o rosto ou o verdadeiro nome revelados e luta para acabar com a opressão de um governo ditatorial e corrupto. A HQ, escrita por Alan Moore e ilustrada por David Lloyd, é considerada uma das obras primas da literatura e o filme de 2006 conseguiu retratar com louvor o clima dos quadrinhos.

A série foi originalmente publicada em 1982 e o roteiro dos irmãos Wachowski já havia sido desenvolvido nos anos 90 e serviu como base para a adaptação de 2006. O filme com orçamento de 50 milhões de dólares arrecadou quase 150 milhões em bilheteria e foi um sucesso de crítica. Para celebrar este 5 de Novembro, preparamos uma lista com 5 curiosidades sobre V de Vingança.

1. Hugo Weaving não era a primeira opção para o papel

fawkes

Na verdade, James Purefoy foi escalado para interpretar o vingador anônimo. Muito se fala sobre o que levou James a abandonar o barco, desentendimentos com a equipe de produção, o desagrado pelo fato de ter que esconder o rosto durante o filme inteiro e se sentir sufocado atrás da máscara são as principais teorias. O ator chegou a gravar durante 6 semanas e Hugo Weaving teve de dublar as cenas que James já havia executado.

2. Alan Moore pediu para não ser creditado no filme

alan moore

O criador dos quadrinhos V de Vingança não quis ser associado à adaptação cinematográfica de sua graphic novel. O escritor exigiu que os produtores não colocassem seu nome nos créditos do filme, portanto somente David Lloyd foi creditado. Moore também escreveu A Liga Extraordinária e fez a mesma exigência à equipe de produção do filme estrelado por Sean Connery, o mesmo aconteceu com a adaptação de Do Inferno.

“Ver os personagens com quem me envolvi emocionalmente durante a criação serem travestidos, diluídos e distorcidos é doloroso. É melhor evitar a indústria cinematográfica em geral.”

3. V em todo lugar

vingança

As referências ao V estão presentes em todo o filme, como letra e como algarismo romano. Uma das citações favoritas do anti-herói é “Eu, enquanto vivo, conquistei o universo” que é adaptada do latim “Vi veri veniversum vivus vici.”

O nome de Evey não foi escolhido ao acaso, ele é composto por letras que fazem referência ao 5 (V). E é a quinta letra do alfabeto, é cinco na numeração romana e é a 25ª letra do alfabeto (5×5). Quando um relógio marca 11:05 ele forma um V idêntico ao da graphic novel, a hora também coincide com a famosa data citada por V, 11 sendo o mês e 5 o dia, 5 de Novembro.

Mas não é somente no texto que o V está escondido, as referências à letra podem ser vistas durante a explosão de fogos, na forma como o anti-herói atira suas adagas, em relógios que aparecem no filme e até mesmo no posicionamento dos atores durante o enquadramento das cenas. Para finalizar, durante a última luta, V é atingido por 5 tiros de Creedy e ao cair deixa uma marca de V, com seu próprio sangue, na parede.

4. Slow Motion

camera lenta

Nas cenas gravadas em câmera lenta, como a luta em Victory Station, os dublês se moviam, literalmente, em slow motion, realizando movimentos lentos. Apenas David Leitch (dublê de Hugo Weaving) se movia em velocidade normal, dando a impressão de que ele estava muito mais rápido que os homens dedo. As cenas também foram gravadas a 60 fps deixando os inimigos de V ainda mais lentos.

5. O mascarado realmente existiu

mascara fk

Guy Fawkes existiu de verdade e realmente tentou explodir o parlamento inglês, no século 17, durante a Conspiração da Pólvora. Porém, foi traído e acabou sendo preso antes do atentado. O revolucionário foi torturado, enforcado e esquartejado em público. Desde então, o dia 05 de novembro se tornou um feriado local, conhecido como o dia em que o rei sobreviveu, e Guy Fawkes é “malhado”, assim como a nossa cultura faz com Judas no sábado que precede a páscoa.

O filme trouxe um simbolo para revoluções: a máscara de Fawkes, usada por V. David Lloyd desenvolveu vários conceitos para a máscara, mas acabou inspirando-se nos traços faciais do próprio Guy Fawkes para criar o símbolo da Vendetta. Hoje, a vemos sendo usada em protestos por todo o mundo. A máscara serve também de simbolo para o grupo Anonymous.

Anúncios

Publicado em 5 de novembro de 2013, em Histórias e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Manuscritos Coletivos

O fantástico mundo dos livros esta aqui

Autores e Livros

Entrevistas, resenhas e afins

blogdabn

Blog oficial da Fundação Biblioteca Nacional - entidade governamental

%d blogueiros gostam disto: